Mercado de móveis planejados: saiba quais são as tendências

Segundo dados do IBGE, enquanto as vendas no comércio em geral registraram queda de 5,2% em janeiro de 2016 se comparado ao mesmo mês de 2015, o mercado de móveis planejados vem crescendo em meio à crise.

Os motivos dos bons resultados são a demanda do consumidor (que procura aproveitar ao máximo os espaços disponíveis em casas e apartamentos) e a entrega das construções que iniciaram em 2010 e 2011, anos em que houve o boom da construção civil.

Esse aquecimento do cenário para o setor representa uma ótima oportunidade de investimentos. No entanto, é importante que o empreendedor que deseja apostar nesse ramo conheça as tendências do mercado.

Por isso, confira a seguir o que é importante atualmente para esse segmento!

1. Demanda por móveis personalizados

Um móvel planejado já é personalizado por sua natureza. Mas o que caracteriza os móveis personalizados propriamente ditos é a customização deles de acordo com a opção dos clientes. Nesse contexto, diversos materiais e técnicas diferentes e artesanais podem ser utilizados, como pátina, revestimento com vinil ou tecido, decupagem e muitos outros.

A personalização pode ser aplicada em todo o móvel, inclusive em puxadores e outros detalhes, como os acabamentos. O objetivo, na verdade, é fazer o cliente sentir-se único, com um projeto exclusivo e que atenda as suas necessidades. Portanto, não existe uma tendência específica, quem determina o que deve ser utilizado é o próprio cliente.

O resultado é um melhor aproveitamento do espaço, uma adaptação do ambiente à rotina e aos desejos do consumidor e a oferta de um local aconchegante e elegante.

2. Procura por móveis multifuncionais

Os móveis multifuncionais são uma tendência do setor de planejados e possuem grande demanda. A principal vantagem deles é terem, como o nome afirma, mais de uma funcionalidade, sendo muito apropriados para espaços pequenos.

Em geral, esses móveis são dobráveis ou removíveis. Alguns exemplos são uma bancada que pode ser aberta por cima e servir como mais um armário ou como um baú, que também pode ser usado como mesinha de centro, camas que possuem gavetas acopladas, etc.

Atualmente, os móveis multifuncionais estão sendo bastante utilizados em projetos de apartamentos com até 50 m², que precisam unir a facilidade dos móveis à necessidade de circulação no ambiente. No entanto, também podem ser adaptados para locais maiores.

3. Busca por móveis específicos

Uma das tendências em relação aos planejados é relativa aos móveis específicos para algum nicho de mercado, como móveis para pets ou pilates. Como existe uma segmentação cada vez maior de públicos, o setor de móveis também deve acompanhar essa tendência.

Por exemplo, o mercado de pets vem crescendo e, conforme eles ganham mais atenção, maior a demanda de produtos e serviços relacionados a eles. Nesse caso, o mais comum é adaptar a casa para gatos e cachorros, mas também é preciso estar preparado para atender a necessidade de criadores de répteis, peixes e outros animais.

Já em relação ao pilates, os móveis específicos para essa atividade vêm sendo cada vez mais requisitados devido ao número cada vez maior de adeptos. Esse tipo de móvel é produzido basicamente com madeira, espuma, inox e tecido courvim e é feito para as medidas do praticante de pilates, para que ele tenha o máximo resultado na prática.

4. Profissionalização do setor

Se antigamente os móveis podiam ser planejados por marceneiros que trabalhavam de maneira autônoma e as pessoas não tinham grande preocupação em adquirir esse tipo de produto, atualmente, o cenário é diferente. Nos últimos anos, o setor foi se profissionalizando e isso resultou em melhores resultados, tanto para empresas quanto para os clientes.

Entenda o Mercado de Decoração de Ambientes

Uma consequência desse cenário foi o crescimento de empresas que trabalham com móveis planejados, sendo que as fábricas abriram lojas próprias e atualmente já existem franquias. Observando o lado das marcenarias, percebe-se que os profissionais buscaram conquistar mais conhecimento, apostando na qualidade e na formação de equipes qualificadas e capacitadas. Ou seja, não basta ser um profissional, é preciso estudar e se diferenciar da concorrência.

Por outro lado, passou a existir uma exigência cada vez maior por parte dos consumidores, que desejam ser bem atendidos, ter um projeto adequado e exclusivo e um resultado sem falhas e problemas. Assim, um dos requisitos exigidos pela profissionalização é a conquista dos clientes.

5. Aumento da qualidade dos móveis

A diferenciação e a exclusividade dos móveis planejados, bem como o atendimento a um público seletivo exige que os produtos tenham melhor qualidade. Além disso, a profissionalização do setor e o aumento da concorrência contribuíram nesse sentido.

Quem ganha com isso é o cliente, que acaba tendo um produto com bom acabamento, produzido com bons materiais e que complementa o restante da decoração do ambiente com boas funcionalidades.

6. Ampliação da concorrência

Com o crescimento do setor, a concorrência no segmento de móveis planejados aumentou muito. Isso faz com que seja necessário acompanhar as ações e estratégias traçadas por outras empresas, melhorando as condições de acesso aos clientes.

No entanto, a concorrência também exige uma melhor gestão da empresa. Isso pode ser feito com a estruturação de um plano de negócios, utilização de softwares CRM (gestão de relacionamento com os clientes) e ERP (que faz a integração dos dados dos mais diferentes departamentos da empresa), realização de pesquisas de mercado, entre outras ações que podem ser adotadas.

Para quem pretende abrir uma loja de móveis planejados, a dica é associar-se a uma marca específica, já reconhecida pelo mercado. Assim, além de vender produtos de qualidade e que são aceitos pelos consumidores, ainda há a possibilidade de contar com o suporte da marca em relação não somente à gestão, mas também a estrutura, equipamentos, montagem do showroom etc.

Assim, a loja pode se destacar da concorrência e conquistar clientes rapidamente. Depois é só fazer um atendimento de qualidade e apresentar bons projetos para garantir uma clientela variada.

Em resumo, pode-se dizer que o mercado de móveis planejados apresenta diversas tendências, mas essas 6 são aquelas que você deve dar mais atenção. Considerando esses fatores, a chance de ter sucesso é muito maior.

Se você gostou do post e quer saber mais sobre esse assunto, assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre todas as novidades do setor!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"