Empreendedorismo para engenheiros: identifique o negócio ideal

O perfil tradicional do graduado em Engenharia Civil é o de trabalhar em uma construtora ou em outra empresa do segmento. No entanto, dadas as possibilidades do mercado, o empreendedorismo para engenheiros tem se desenvolvido cada vez mais.

Como este assunto ainda gera muitas dúvidas, preparamos o artigo de hoje com o intuito de ajudá-lo a começar seu negócio próprio e continuar atuando na sua área de formação.

Saiba como começar a empreender

Geralmente, os cursos de graduação em Engenharia Civil não preparam os alunos para o empreendedorismo. No entanto, essa situação pode ser revertida por meio da especialização dos formados na área. Nesse sentido, é interessante observar que já existem cursos voltados para a ligação entre empreendedorismo e Engenharia. Uma referência é a universidade Olin College, em Needham, nos Estados Unidos.

Dessa forma, nota-se que esse é um nicho de mercado em que você pode começar a atuar, porque poderá ter muito sucesso. Porém, antes de começar a empreender, é importante conhecer mais sobre gestão e administração. Por isso, leia livros e artigos sobre o assunto, acompanhe sites e pesquise informações diferenciadas, que agregarão valor ao seu currículo e ao seu conhecimento pessoal e profissional.

Além disso, é necessário ter certeza de que o empreendedorismo é o ramo que deseja seguir, já que o começo pode apresentar desafios. Considerar a sua experiência e pesquisar sobre o setor são atitudes fundamentais, que podem determinar o sucesso do negócio. Também é interessante conversar com colegas e especialistas em gestão, verificando se as suas ideias são válidas e recebendo um feedback a respeito delas.

Entenda o mercado de empreendedorismo para engenheiros

O empreendedorismo para engenheiros vem despontando como uma das grandes oportunidades no mercado atual. Com o desaquecimento desse setor da economia, esse é o momento de pensar em abrir seu próprio negócio.

Considerando a situação, o perfil dos empreendedores é bastante variado. Enquanto há engenheiros com muita experiência abrindo escritórios de Engenharia e, muitas vezes, também de Arquitetura, há recém-formados que estão optando pelo empreendedorismo também, ganhando experiência e indo além dos conhecimentos aprendidos em sala de aula.

Conheça os principais nichos de mercado

Existem algumas oportunidades de negócios interessantes para os engenheiros. Conheça algumas delas.

Trabalhe com reformas de imóveis

As reformas de imóveis estão bastante em alta. Com o mercado de construção em desaquecimento, apostar nas reformas é uma boa maneira de continuar atuando na área de Engenharia Civil e empreender.

Esse segmento é impulsionado pelo fato de que muitas pessoas estão optando pelas reformas, já que os imóveis estão em desvalorização. Então, em vez de vender a casa ou o apartamento que já têm e adquirir um novo, as pessoas estão com a tendência de reformar o imóvel, postergando a mudança.

Faça reparos hidráulicos, elétricos e instalações em geral

Este é outro segmento em que o engenheiro pode empreender. Não está relacionado à construção propriamente dita, mas tem relação com os conhecimentos vistos na graduação em Engenharia Civil.

Uma vantagem desse tipo de negócio é o fato de que o engenheiro pode terceirizar os reparos e apenas fiscalizar o serviço, garantindo que tudo está sendo feito da melhor forma possível. Outro grande benefício é a quantidade de negócios que podem ser fechados com esse tipo de empresa. Já existem diversos empreendedores que apostaram nesse segmento e conseguiram ter sucesso. Mas ainda há espaço para mais empresas como essa.

Essa demanda é decorrente do grande número de jovens que moram sozinhos (e, muitas vezes, não conseguem nem sabem efetuar reparos hidráulicos, elétricos e instalações em geral). Além disso, a correria do dia a dia, que faz com que as pessoas passem cada vez menos tempo em casa, auxilia a elevar a necessidade por esse tipo de serviço.

Entenda o Mercado de Decoração de Ambientes

Venda materiais de construção

O engenheiro tem um diferencial a mais ao abrir uma loja de materiais de construção ou específica para a venda de pisos, revestimentos e azulejos. A vantagem é o fato de conhecer muito bem esses materiais e poder indicar a melhor opção ao cliente.

Além disso, pode ter funcionários ou parceiros que façam os serviços de colocação de pisos, revestimentos e azulejos e outros reparos e reformas. Assim, o engenheiro empreendedor pode aliar seus conhecimentos técnicos às necessidades do cliente, podendo atuar em frentes diferentes.

Faça projetos residenciais

O foco em projetos residenciais é uma das tendências para o engenheiro empreendedor. Neste caso, ele deve ter ideias inovadoras e que atendam às necessidades dos clientes e, por isso, contar com o auxílio de um engenheiro pode ser bastante interessante.

Para se destacar no mercado, a dica é usar processos diferenciados e materiais de primeira qualidade. Assim, os projetos vão se destacar e o engenheiro conquistará rapidamente uma clientela.

Abra uma franquia

O negócio de franquias no setor de Engenharia está crescendo cada vez mais e muitos empreendedores estão sendo atraídos para esse tipo de negócio. No entanto, é preciso cuidado ao escolher a franquia que será adotada, já que há muitas opções.

Por isso, o recomendado é que o profissional verifique se a franqueadora oferece segurança administrativa, mercadológica e econômica, a fim de garantir que o resultado do franqueado seja o melhor possível. Também é preciso verificar a penetração da franquia no mercado e quais serviços ela oferece, bem como o suporte oferecido aos franqueados.

As vantagens desse modelo são:

  • Trabalhar com um modelo de negócio abrangente: as franquias já estão no mercado há alguns anos e testaram o modelo, sendo aceitas pelo mercado. Assim, a chance de fechar bons negócios é maior;
  • Ter vantagem competitiva: ao abrir uma franquia, o engenheiro possui uma certificação de qualidade perante os clientes;
  • Possuir uma estrutura tecnológica e de documentação: a franqueadora fornece todos os materiais e suporte necessários ao funcionamento do franqueado, o que assegura a realização do trabalho de maneira mais eficiente e eficaz;
  • Reduzir custos de operação: o empreendedor terá os gastos referentes à franquia, mas terá uma grande redução de custos nas operações e transações, já que a franqueadora já tem os modelos fechados.

Ou seja, se o seu sonho é abrir um negócio próprio, não precisa sair da sua área nem desistir do que ama. A dica é seguir as recomendações que demos e encontrar o tipo de negócio que mais combina com o que você deseja.

Se você gostou das dicas e quer compartilhar uma experiência ou mesmo sanar alguma dúvida em relação ao empreendedorismo para engenheiros, deixe um comentário no post!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"