7 habilidades para ser um arquiteto bem-sucedido

No mundo do design de interiores, dos projetos audaciosos de construções modernas e na repaginação de clínicas, academias, casas e apartamentos, uma presença é imprescindível: a do arquiteto. Devido às influências culturais, profissionais e pessoais, há alguns aspectos que distinguem um arquiteto bem-sucedido de profissionais que ainda não atingiram a excelência ou a total satisfação dos clientes atendidos.

Mas quais as características necessárias para ser um arquiteto de sucesso? Para responder esta pergunta, preparamos o artigo de hoje, no qual listamos 7 habilidades essenciais para que você entre também no rol dos profissionais mais requisitados em seu ramo de atuação. Confira!

Bagagem cultural 

Necessária para profissionais de todas as áreas, a bagagem cultural é importantíssima no caso da arquitetura. Afinal, conhecer novos lugares, culturas, pessoas de outros países, obras de arte, conceitos estéticos em construções e influências variadas por meio de viagens pelo interior do Brasil ou para o exterior, certamente, farão uma grande diferença na evolução da sua sensibilidade e do seu olhar. 

É fundamental estar sempre de olhos abertos ao que se apresenta, como a riqueza das obras de muitas igrejas existentes no país ou de artistas que deixaram relíquias em seus interiores, como santos ou pinturas em estilos que vão do barroco ao clássico.

Visitar exposições e manter uma agenda ativa de atividades culturais, como a leitura de livros sobre temas variados, filmes, revistas especializadas e sites, também ajudarão você a conquistar cada vez mais influências positivas para inserir em seus novos projetos.

Networking 

Da faculdade ao mercado de trabalho, a troca de experiências com as pessoas da área jamais deve cessar. Não abra mão de participar de feiras, workshops, palestras, seminários e afins. Estabelecer uma rede de contatos é fundamental não só para construir novas possibilidades de carreira, mas também para receber e colaborar com ideias inovadoras. 

Quem está antenado às novidades do mundo da arquitetura, de equipamentos da estética sempre estará um passo à frente dos profissionais que se mantêm acomodados.

Por isso, é preciso ser estimulado diariamente a ter motivação em busca da qualidade, satisfação dos clientes e criação de novos conceitos, por meio da troca de experiências com profissionais de todos os tipos e idades. 

Tendências de Arquitetura

Facilidade com cálculos e com desenhos

Apesar da proximidade com os números ser bem menos intensa do que a realidade de um engenheiro civil, por exemplo, o arquiteto que busca ser bem-sucedido precisa gostar de cálculos e de desenhos.

Além de vivenciar o convívio com os números em determinadas disciplinas já no curso universitário, a profissão exigirá soluções referentes a estruturas, composição de materiais e geometria.

Mesmo que você não seja um artista nos rabiscos ou possua talentos em relação à estética como um todo, é preciso ter noções de desenhos, com o objetivo de passar claramente a ideia ao cliente. O raciocínio lógico, por exemplo, é muito requisitado no dia a dia do arquiteto e ajuda no processo de criação.

Organização

Ser um profissional organizado não só com as ideais, como também com o ambiente de trabalho, é um requisito para quem deseja ser um arquiteto bem-sucedido. Como muitos projetos poderão ser desenvolvidos para facilitar a vida dos clientes ou otimizar ambientes, é preciso sintonia e conhecimento ao que será apresentado, com disciplina e exemplos diversos sob várias influências.

A organização também contribui para a solução dos problemas corriqueiros que surgem no cotidiano, podendo ser útil para alinhar a sua vida pessoal com a profissional. 

Uma boa organização também refletirá na sua produtividade. Como o arquiteto frequentemente trabalha com prazos variados de um projeto em relação a outro, é preciso administrar bem o tempo

Também é fundamental saber liderar equipes. Geralmente, um arquiteto bem-sucedido convive com diferentes profissionais ao longo de uma obra, tendo que ter flexibilidade para ser atencioso e ligado ao que está acontecendo em várias áreas.

Tendências de Arquitetura

Capacidade de ser manter conectado às novas tendências tecnológicas

Um arquiteto bem-sucedido deve estar antenado às novas tendências tecnológicas, como softwares que auxiliam na criação de projetos, maquetes e projeções em 3D. Elaborar peças por meio da computação gráfica em seu escritório também atrairá clientes, que observarão a diferença em relação aos profissionais que não se atualizam. 

A tecnologia é ainda um ponto importante em muitos produtos lançados recentemente, aliando conceitos de sustentabilidade com beleza estética. É preciso oferecer opções variadas e conhecê-las profundamente.

Fora isso, é possível utilizar as ferramentas inovadoras na sua organização pessoal, como no agendamento de reuniões, visitas técnicas ou na rápida localização de um endereço por meio dos inúmeros aplicativos de celular.

Habilidade de ouvir e de estar aberto a mudanças

Poucos clientes ficarão totalmente satisfeitos logo na apresentação inicial de determinado projeto arquitetônico. O arquiteto bem-sucedido ouve atentamente os pontos de vista apresentados e estuda conscientemente as possibilidades, mesmo que ocorram opiniões adversas ou contrárias ao que foi planejado.

Ninguém é dono da verdade. Por isso, é muito importante ter mente aberta ao que será sugerido. Saiba que você poderá ouvir argumentos totalmente distantes da realidade e ditos por pessoas que não têm o devido conhecimento de causa.

Será papel do arquiteto convencer o cliente de que existem caminhos alternativos. Fuja da impulsividade ou do possível nervosismo que possam surgir no debate do projeto em desenvolvimento. 

Mostrar várias opções é uma atitude louvável. E amenizará prováveis bate-bocas. Ser atencioso e paciente faz parte do caminho do sucesso, contribuindo ainda para o seu dia terminar bem.

Características pessoais diferenciadas

O arquiteto bem-sucedido frequentemente tem características pessoais diferenciadas dos demais. Busque a excelência em determinado aspecto da profissão — seja no design de interiores, de móveis, nas fachadas, na sensibilidade para escolher a melhor distribuição dos produtos dentro de determinada área.

Certamente, as características diferenciadas destacarão a sua atuação e contribuirão para trazer o reconhecimento do mercado, segmentando o atendimento aos clientes e, consequentemente, aumentando o número de projetos levados adiante. Muitos profissionais parceiros poderão te indicar com base em suas particularidades mais evidentes e promissoras. 

Gostou desse artigo? Quer desenvolver as suas habilidades e se tornar um arquiteto bem-sucedido? Assine a nossa newsletter e receba mais dicas sobre a profissão e sobre o mercado!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"